curvas

Os módulos curva base, curva de tons e curva rgb usam curvas para controlar os tons da imagem. Estes módulos possuem algumas características em comum que requerem uma abordagem separada.

curva

🔗nós

Em seu estado padrão, curvas são linhas retas, definidas por dois nós de ancoragem nas partes superior direita e inferior esquerda do gráfico. Você pode mover os nós para modificar a curva ou criar novos nós clicando na curva. Ctrl+clique gera um novo nó na posição x do ponteiro do mouse e na posição y da curva atual – isto adiciona um nó sem o risco de modificar a curva. Até 20 nós podem ser definidos por curva. Para remover um nó, clique nele e arraste-o para fora do gráfico.

🔗controles da curva

Os controles a seguir são comuns a dois ou mais dos módulos de processamento acima e portanto são discutidos separadamente aqui. Consulte a documentação individual dos módulos para discussão de controles adicionais.

método de interpolação
curva de tons e curva rgb apenas

Interpolação é o processo pelo qual uma curva contínua é derivada de alguns nós. Como esse processo nunca é perfeito, são oferecidos muitos métodos que podem aliviar alguns dos problemas que você possa encontrar.

  • spline cúbica é, possivelmente, o mais agradável visualmente. Como fornece curvas suaves, o contraste na imagem é melhorado. No entanto, este método é muito sensível às posições dos nós, e pode produzir cúspides e oscilações quando os nós estão muito próximos uns dos outros, ou quando há muitos deles. Este método funciona melhor quando há somente entre 4 e 5 nós, espaçados de maneira homogênea.
  • spline centrípeta é um método projetado especificamente para evitar cúspides e oscilações mas, em compensação, seguirá os nós de maneira mais folgada. É muito robusto, não importando a quantidade de nós e seu espaçamento, mas produzirá contraste menos interessante.
  • spline monotônica é projetado especificamente para realizar uma interpolação monotônica, o que significa que não haverá quaisquer das oscilações que a spline cúbica pode produzir. Este método é mais apropriado quando você está tentando construir uma função analítica a partir de uma interpolação de nós (por exemplo: exponencial, logaritmo, potência etc). Estas funções são oferecidas como predefinições. É um bom meio-termo entre os dois métodos mencionados anteriormente.
preservar cores
Se uma curva de tom não linear for aplicada a cada um dos canais RGB individualmente, a quantidade de ajuste de tom aplicada a cada canal de cor pode ser diferente e isso pode causar mudanças de matiz. A caixa combinada preservar cores fornece diferentes métodos de cálculo do “nível de luminância” de um pixel para minimizar essas mudanças. A quantidade de ajuste de tom é calculada com base neste valor de luminância e, em seguida, esse mesmo ajuste é aplicado a todos os três canais RGB. Diferentes estimadores de luminância podem afetar o contraste em diferentes partes da imagem, dependendo das características dessa imagem. O usuário pode, portanto, escolher o estimador que fornece os melhores resultados para a imagem dada. Alguns desses métodos são discutidos em detalhes no controle preservar crominância no módulo rgb fílmico. As seguintes opções estão disponíveis:
  • nenhum
  • luminância
  • RGB máximo
  • RGB médio
  • soma RGB
  • norma RGB
  • potência básica
escala para gráfico
Curva de tom e curva base somente

A escala permite que você distorça a visualização do gráfico para que determinadas propriedades gráficas apareçam para auxiliá-lo a desenhar curvas mais úteis. Note que a opção de alterar a escala somente afeta a exibição da curva, sem alterar nenhum dos parâmetros armazenados pelo módulo.

Por padrão, uma escala “linear” é usada (definida por um fator de escala de 0). Esta escala usa os eixos da abcissas e das ordenadas espaçados de maneira uniforme.

Uma escala logarítmica comprimirá os valores mais altos e dilatará os valores baixos, tanto no eixo da abcissa como no da ordenada, de modo que os nós com luzes baixas obtenham mais espaço no gráfico e possam ser controlados com mais precisão.

Aumente o controle deslizante ‘escala para o gráfico’ para definir a base do logaritmo a ser usada para escalonar os eixos. Isto permite que você controle a quantidade de compressão/dilatação operada pela escala. Se você desenhar funções puramente exponenciais ou logarítmicas a partir das linhas de identidade, estabelecer este valor define a base destas funções.

Traduções