processamento

Controla como as imagens são processadas.

🔗processamento da imagem

usar sempre LittleCMS 2 para aplicar o perfil de cor de saída
Se esta opção estiver ativa, o darktable usará a biblioteca de sistema LittleCMS 2 para aplicar o perfil de saída ao invés de suas próprias rotinas internas. Isto é significativamente mais lento que o padrão mas pode produzir resultados mais precisos em alguns casos.

Se o ICC fornecido é baseado em LUT ou contiver tanto LUT como uma matriz, o darktable usará o LittleCMS 2 para renderizar as cores independentemente do valor deste parâmetro (que é desativado por padrão).

interpolador de pixel (distorção)
O interpolador de pixel usado para rotação, correção da lente, dissolver, corte e escala final.

Sempre que escalamos ou distorcemos uma imagem devemos escolher o algoritmo de interpolação de pixel (consulte a wikipedia para obter mais detalhes). Para os módulos que realizam este tipo de operação, o darktable oferece bilinear, bicúbico ou lanczos2. Em geral, o bicúbico é uma opção segura para a maioria dos casos e este é o valor padrão.

interpolador de pixel (mudança de escala)
O interpolador de pixel para escalar. As mesmas opções que são fornecidas para os módulos que realizam operações de distorção, mas com a adição do lanczos3.

O lanczos3 pode causar sobrexposições de pixels provocando artefatos mas algumas vezes propicia uma aparência visual mais nítida. Esta opção somente é oferecida para algoritmos de transformação (escalar) e é seu valor padrão.

pasta raiz do LUT 3D
Define a pasta raiz (e subpastas) que contém os arquivos Lut usados pelo módulo lut 3D
auto-aplicar padrões do fluxo de trabalho
Seleciona quais módulos e ordem de módulos aplicar a novas imagens por padrão:
  • O fluxo de trabalho relativo à cena (padrão) considera que a maior parte do processamento será realizado em um espaço de cor RGB linear. Selecionar esta opção ativará automaticamente os módulos rgb fílmico e exposição e estabelecerá a ordem da pixelpipe em v3.0 que é a ordem (relativa à cena) definida para o darktable 3.0 e posterior.

    O módulo de exposição incluirá um ajuste automático de +0,5 EV para ajustar os cinzas médios para corresponder ao ajuste da maioria das câmeras SLR. Este ajuste pode ser anulado com uma predefinição automaticamente aplicada se o padrão produzir consistentemente imagens escuras para sua câmera.

    Finalmente, esta configuração ativa automaticamente a opção “compensar exposição da câmera” no módulo exposição para ajustar o brilho global de maneira apropriada nos casos em que foi usada a compensação de exposição da câmera.

  • O fluxo de trabalho relativo à exibição considera que a maior parte do processamento será realizada no espaço de cor Lab e é o modo legado do darktable 2.6 e anteriores. Ao selecionar esta opção, será ativado automaticamente o módulo curva base e a ordem da pixelpipe legado (relativo à cena) usado por padrão até a versão 2.6.

  • nenhum não ativará nenhum módulo por padrão e definirá a ordem da pixelpipe para v3.0 (relativo à cena) definido para o darktable 3.0 e posteriores.

auto-aplicar padrões de adaptação cromática
Selecione qual módulo por padrão é responsável por realizar o ajuste do balanço de branco (adaptação cromática). Selecione “legado” (padrão) para realizar a adaptação cromática básica unicamente dentro do módulo balanço de branco. Selecione “moderno” para usar uma combinação dos módulos balanço de branco e calibração de cor para realizar uma adaptação cromática moderna com uma ciência de cor melhorada. Esta configuração se aplica de forma padrão às novas edições e não afetará as edições anteriores.
auto-aplicar predefinições de curva base por câmera
Usa uma curva base por câmera por padrão (se disponível) ao invés de uma genérica. Isto deve ser usado em junto com o fluxo de trabalho relativo à exibição como definido acima (padrão é desligado).
auto-aplicar melhoramento da nitidez
Auto-aplica o módulo “melhorar nitidez” a novas imagens por padrão. Esta opção não é recomendada para câmeras sem um filtro passa-baixas (padrão é ligado, necessita reinício).
detectar imagens monocromáticas
Ative esta opção para analisar as imagens durante a importação e etiquetá-las com darkroom|modo|monocromático se forem encontradas imagens monocromáticas. A análise se baseia na pré-visualização das imagens embutidas no arquivo importado (miniaturas). Isto torna mais conveniente o fluxo de trabalho com imagens monocromáticas, mas diminui a velocidade de importação, sendo por isso desligado por padrão.
mostrar mensagens de alerta
Ative esta opção para mostrar mensagens de alerta nos módulos de processamento onde configurações fora do padrão ou possivelmente danosas são usadas na pipeline. Estas mensagens podem algumas vezes ser falso positivo (devido a uma configuração fora do padrão intencional) e podem ser ignoradas se você sabe o que está fazendo. Desative para ocultar estes avisos (ativado por padrão).

🔗cpu / gpu / memória

memória em MB usada para o cache de miniaturas
Para acelerar a visualização de rolos de filme, o darktable armazena as miniaturas da imagem em cache de disco (cache primário) e carrega-as na memória na inicialização. Esta configuração controla o tamanho da cache em megabytes. Precisa reiniciar se for mudado (512 MB por padrão).
armazenar em disco cache de miniaturas
Se ativado, o darktable armazena todas as miniaturas em uma cache secundária, aonde são mantidas as miniaturas se elas forem descartadas da cache primária. Isto necessita de mais espaço em disco mas acelera a vista da mesa de luz, já que evita o reprocessamento de miniaturas (ativado por padrão).
armazenar em disco cache de visualização completa
Se ativado, o darktable salva imagens para visualização completa em disco (.cache/darktable /) quando esgotada a cache em memória. Note que isto pode requerer uma grande quantidade de armazenamento (vários gigabytes para imagens em 20k) e o darktable nunca eliminará as imagens armazenadas em cache. É seguro eliminá-las manualmente se desejar. Ativar esta opção aumentará significativamente o desempenho da mesa de luz ao ampliar uma imagem no modo de visualização completa (o padrão é desligado).
host memory limit (in MB) for tiling
In order to manage large images on systems with limited memory darktable does tile-wise processing. This variable controls the maximum amount of memory (in MB) a module may use during image processing. Lower values will force memory-hungry modules to process an image with increasing number of tiles. Setting this to 0 will omit any limits. Values below 500 will be treated as 500. (default 1500).
minimum amount of memory (in MB) for a single buffer in tiling
If set to a positive, non-zero value, this variable defines the minimum amount of memory (in MB) that darktable should take for a single tile. (default 16).
ativar suporte ao OpenCL
O darktable pode usar a GPU para acelerar significativamente o processamento. A interface do OpenCL precisa de hardware adequado e controladores OpenCL em seu sistema. Se um destes requisitos não for encontrado a opção é esmaecida e não pode ser selecionada. Isto pode ser ligado e desligado a qualquer momento e seus efeitos são imediatos (o padrão é ligado).
perfil de agendamento do OpenCL
Define como as tarefas de pré-visualização e completas da pixelpipe são agendadas em sistemas com o OpenCL ativado:
  • padrão: a GPU processa a vista central da pixelpipe; a CPU processa as pré-visualizações da pixelpipe;
  • múltiplas GPUs: ambas as pixelpipe são processadas em paralelo nas duas GPUs diferentes;
  • GPU muito rápida: ambas as pixelpipe são processadas sequencialmente na GPU.

translations