coleções

Filtra as imagens mostradas na vista da mesa de luz e no painel do rolo de filme usando atributos de imagem. Este conjunto de imagens filtradas é conhecido como coleção.

Ao importar imagens, o darktable armazena informações sobre elas (nome do arquivo, caminho, dados Exif, dados dos arquivos auxiliares XMP etc) na base de dados da sua biblioteca. Uma coleção pode ser definida aplicando regras de filtragem a esses atributos, criando assim um subconjunto de imagens para exibir na visualização da mesa de luz e no módulo do rolo de filme.

A coleção padrão é baseada no atributo rolo de filme e exibe todas as imagens do último rolo de filme importado ou selecionado.

🔗atributos de filtragem

As imagens em uma coleção podem ser filtradas usando os seguintes atributos de imagem:

🔗arquivos

rolo de filme
O nome do rolo de filme ao qual a imagem pertence (que é igual ao nome da pasta na qual a imagem reside). Ctrl+Shift+clique em um rolo de filme para alternar para a pasta correspondente. Clique-direito para remover o conteúdo do rolo de filme da biblioteca do darktable ou informar ao darktable que sua localização foi alterada no sistema de arquivos.
pasta
A pasta (caminho) onde o arquivo de imagem está localizado. Clique em uma pasta para incluir o conteúdo desta pasta e todas as subpastas na coleção. Shift-clique para incluir somente as imagens na pasta selecionada. Ctrl-clique para mostrar somente as imagens de qualquer subpasta. Ctrl+Shitf+clique para alternar para o rolo de filme correspondente. Clique-direito no nome da pasta para remover seu conteúdo da biblioteca do darktable ou informar ao darktable que sua localização foi alterada no sistema de arquivos.
nome do arquivo
O nome do arquivo da imagem.

🔗metadados

etiqueta
Qualquer etiqueta adicionada à imagem. As imagens não etiquetadas são agrupadas na entrada “não etiquetado”. Quando ativado, uma lista hierárquica de etiquetas conhecidas é exibida
título
O campo “título” dos metadados da imagem.
descrição
O campo “descrição” dos metadados da imagem.
criador
O campo “criador” dos metadados da imagem.
editor
O campo “editor” dos metadados da imagem.
direitos
O campo “direitos” dos metadados da imagem.
notas
O campo “notas” dos metadados da imagem.
nome da versão
O campo “nome da versão” dos metadados da imagem.
classificação
A classificação de estrelas da imagem.
etiqueta de cor
Qualquer etiqueta de cor adicionada à imagem (“vermelho”, “amarelo”, “verde”, “azul”, “roxo”).
geoetiquetas
A localização geográfica da imagem (ver localizações).

🔗tempo

data da foto
A data em que a foto foi tirada, no formato AAAA:MM:DD.
data/hora da foto
A data e hora em que a foto foi tirada, no formato AAAA:MM:DD hh:mm:ss.
tempo de importação
A data/hora em que o arquivo foi importado, no formato AAAA:MM:DD hh:mm:ss.
tempo de modificação
A data/hora em que o arquivo foi modificado pela última vez, no formato AAAA:MM:DD hh:mm:ss.
tempo de exportação
A data/hora em que o arquivo foi exportado pela última vez, no formato AAAA:MM:DD hh:mm:ss.
tempo de impressão
A data/hora em que o arquivo foi impresso pela última vez, no formato AAAA:MM:DD hh:mm:ss.

🔗detalhes da captura da foto

câmera
A entrada de dados Exif que descreve a marca e o modelo da câmera.
lente
A descrição da lente, conforme obtido dos dados Exif.
abertura
A abertura, conforme obtido dos dados Exif.
exposição
A velocidade do obturador, conforme obtido dos dados Exif.
distância focal
A distância focal, conforme obtido dos dados Exif.
ISO
O ISO, conforme obtido dos dados Exif.
proporção da imagem
A proporção da imagem, considerando qualquer corte feito no darktable.

🔗darktable

agrupamento
Escolha entre “seguidores de grupo” e “líderes de grupo”.
cópia local
Mostra os arquivos que têm ou não cópias locais.
histórico
Escolha imagens cujas pilhas de histórico foram alteradas ou não.
módulo
Filtre com base nos módulos de processamento que foram aplicados à imagem.
ordem dos módulos
Escolha imagens com as ordens de módulos “v3.0”, “legado” ou “personalizado”.

🔗controles do módulo

🔗definir critérios de filtragem

A linha superior do módulo pode ser usada para definir os critérios de filtragem para sua coleção da seguinte maneira:

atributo de filtragem
A caixa de seleção à esquerda permite que você escolha qual atributo usar para filtrar sua coleção.
padrão de pesquisa
No campo de texto à direita da caixa de combinação de atributos, você pode escrever um padrão de correspondência. Esse padrão é comparado com todas as entradas da base de dados com o atributo selecionado. O mecanismo de filtragem detecta uma correspondência se algum atributo da imagem contiver o padrão em seu texto completo. Você pode usar % como caractere coringa. A coleção será limitada apenas às imagens correspondentes. Deixe o campo de texto vazio para corresponder a todas as imagens com esse atributo. Quando aplicável, uma dica de ferramenta aparecerá se você passar o mouse sobre o atributo ou padrão de pesquisa para fornecer informações adicionais.

Atributos com formatos numéricos ou de data/hora podem ser usados combinados com operadores comparativos e de intervalo. Use <, <=, >, > =, <> ou = para selecionar imagens com atributos menores que, menores ou iguais, maiores que, maiores ou iguais, diferentes ou iguais ao valor fornecido, respectivamente. Uma expressão no formato [de;para] pode ser usada para selecionar usando um intervalo de valores.

selecionar por valor
Além de definir critérios de filtro usando um padrão de pesquisa, você também pode escolher manualmente em uma lista de valores (para o atributo escolhido) tirada do conjunto de imagens correspondentes no momento. Fazer essa seleção preencherá automaticamente o campo “padrão de pesquisa”.

A caixa abaixo do padrão de pesquisa listará os valores para o atributo selecionado que estão presentes nas imagens selecionadas no momento. Esta lista é continuamente atualizada conforme você digita. Você também pode escolher um critério de classificação percorrendo a lista e clicando duas vezes.

Se você ativar o modo de clique único (consulte preferências > mesa de luz), você pode selecionar com um único clique em vez de duplo clique. Este modo também permite que você selecione uma faixa de valores com o mouse. Isso só funciona para atributos numéricos e de data/hora.

🔗combinar vários filtros

Você pode combinar vários filtros para criar coleções mais complexas de imagens usando uma série de regras. Uma regra é uma combinação de critérios de filtragem junto com uma operação lógica que define como esses critérios são combinados com quaisquer regras anteriores.

Clique no botão collect-expander-icon (à direita do campo de pesquisa) para abrir um menu com as seguintes opções:

limpar esta regra
Remova a regra atual ou redefina-a se esta for a única regra definida.
restringir pesquisa
Adicione uma nova regra, que é combinada com a(s) regra(s) anterior(es) em uma operação lógica ‘E’. Uma imagem só é retida como parte da coleção se também atender aos novos critérios.
adicionar mais imagens
Adiciona uma nova regra, que é combinada com a(s) regra(s) anterior(es) em uma operação lógica ‘OU’. Imagens que atendem aos novos critérios são adicionadas à coleção.
excluir imagens
Adicione uma nova regra, que é combinada com a(s) regra(s) anterior(es) em uma operação lógica ‘EXCETO’. As imagens que atendem aos novos critérios são removidas da coleção.

Os operadores lógicos que definem como as regras são combinadas são indicados com ícones à direita de cada regra adicionada: E pelo símbolo collect-and-icon , OU pelo símbolo collect-or-icon , e EXCETO pelo símbolo collect-except-icon . Clique em qualquer um desses ícones para alterar a operação lógica dessa regra.

🔗atualizar o caminho da pasta de imagens movidas

Embora seja melhor não mexer nos arquivos importados em segundo plano no darktable, este módulo pode ajudá-lo a se recuperar de situações em que você moveu ou renomeou pastas de imagens após importá-las. O módulo de coleções tem um recurso que permite atualizar a base de dados da biblioteca do darktable com o novo local da pasta. O processo é como se segue:

  1. Defina a caixa de seleção do atributo de filtragem para “pasta” ou “rolo de filme”.

  2. O rolo de filme original ou nome da pasta será exibido com formatação riscada para enfatizar que não pode ser localizado.

  3. Clique com o botão direito do mouse no nome da pasta ou rolo de filme, selecione “pesquisar rolo de filme” e, a seguir, selecione o novo local da pasta.

🔗preferências

A opção “preferências…” no menu de predefinições permite ajustar o comportamento do módulo de coleções da seguinte forma:

não definir entrada ‘sem categoria’ para etiquetas
Não define a categoria ‘sem categoria’ para etiquetas que não têm filhos (desativado por padrão).
sensibilidade à caixa alta/baixa nas etiquetas
Define se as etiquetas devem ser sensíveis à maiúsculas ou não – sem a extensão ICU sqlite isso só se aplicará às 26 letras latinas (‘não sensível’ por padrão).
número de níveis de pasta para mostrar nas listas
O número de níveis de pasta para mostrar nos nomes dos rolos de filme, começando da direita (1 por padrão).
ordenar rolos de filme por
Ordena os rolos de filme por “pasta” ou “id” (aproximadamente equivalente à data em que os rolos de filme foram importados pela primeira vez) (“id” por padrão).
ordenar coleção em ordem decrescente
Ordena as seguintes coleções em ordem decrescente: “rolo de filme” (quando ordenado por pasta), “pasta”, data/hora (por exemplo, data/hora da foto) (ativado por padrão)

translations